Tamanho do texto

A inflação na cidade de São Paulo, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC), ficou em 0,45% em julho, inferior à taxa apurada em junho (0,96%). A inflação também desacelerou em relação à taxa de 0,56% registrada na terceira quadrissemana de julho.

Divulgado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o IPC ficou dentro das projeções dos analistas ouvidos pela Agência Estado, que iam de 0,43% a 0,55%.

O grupo Alimentação apresentou movimento de desaceleração, com variação de 2,87% em junho, 1,55% na terceira prévia de julho, e 1,07% agora. Saúde recuou de 0,82%, em junho, para 0,77% na terceira leitura de julho e 0,56% na prévia atual. O grupo Habitação encerrou o mês em -0,09% ante -0,11% na terceira prévia, e 0,30% em junho. Vestuário teve variação de -0,03% na última leitura de julho, contra -0,13% na prévia anterior e 0,55% em junho. O Grupo Transportes avançou de 0,15% em junho para 0,30% na terceira leitura de julho e 0,32% no índice divulgado hoje. Despesas Pessoais acelerou de 0,80% em junho para 1,23% na prévia de julho e recuou, ficando em 1,19% na leitura de hoje. O grupo Educação teve variação de 0,05% em julho, estável em relação à terceira leitura do mês (0,05%) e menor que a prévia de junho (0,96%). Veja como ficaram os índices que compõem o IPC:

Habitação: -0,09%

Alimentação: 1,07%

Transportes: 0,32%

Despesas Pessoais: 1,19%

Saúde: 0,56%

Vestuário: -0,03%

Educação: 0,05%

Índice Geral: 0,45%

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.