Tamanho do texto

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou alta de 0,47% na primeira quadrissemana de setembro e ficou acima do fechamento de agosto (0,38%), informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O índice, que mede a inflação na cidade de São Paulo, superou as expectativas dos analistas consultados pela Agência Estado, que oscilavam entre 0,38% e 0,44%.

Os grupos que apresentaram elevação entre agosto e a primeira apuração de setembro foram Despesas Pessoais (de 0,75% para 1,00%), Habitação (de 1,03% para 1,18%), Transportes (de 0,29% para 0,31%), e Saúde (de 0,44% para 0,56%). O grupo Educação recuou de 0,12% para 0,11%. A deflação avançou de 0,49% para 0,55% no segmento Alimentação, mas diminuiu de 0,38% para 0,10% em Vestuário. Veja como ficaram os grupos que compõem o IPC:

Habitação: 1,18%

Alimentação: -0,55%

Transportes: 0,31%

Despesas Pessoais: 1,00%

Saúde: 0,56%

Vestuário: -0,10%

Educação: 0,11%

Índice Geral: 0,47%

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.