Tamanho do texto

O índice contraiu 0,1% em junho e aumentou 1,2% nos últimos 12 meses até julho, acompanhando a previsão dos analistas

O índice de preços ao consumidor americano registrou em julho a primeira alta dos últimos quatro meses ao subir 0,3% devido aos maiores preços da energia, informou nesta sexta-feira o Departamento de Trabalho. O índice contraiu 0,1% em junho e aumentou 1,2% nos últimos 12 meses até julho, acompanhando a previsão dos analistas.

"O índice de energia registrou o primeiro aumento desde janeiro e foi responsável por dois terços do aumento total ajustado da temporada", acrescentou o governo em comunicado. Tanto a gasolina quanto o índice que mede os preços da energia consumida pelas famílias aumentaram em julho após quedas nos últimos meses, informou o Departamento de Trabalho.

Em movimento contrário, os preços das frutas e vegetais caíram pelo quarto mês consecutivo. Excluídos os preços mais voláteis da alimentação e da energia, a inflação foi de 0,1%, após aumento de 0,2% em junho. A evolução do índice mostra que o Federal Reserve (Fed, banco central americano) ainda tem margem para continuar com sua atual política monetária de taxas de juros próximos de zero.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.