Tamanho do texto

Estimativa é do presidente do BNDES, Luciano Coutinho. Em 2010, valor investido deve corresponder a 19% do produto interno

selo

O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, estimou que os investimentos como proporção do PIB devem atingir 19% este ano e evoluir para 20,5% em 2011. Segundo ele, pode até ser que este último número aumente e alcance 21% em 2011, porém faz algumas ressalvas especialmente em relação às perspectivas de continuidade de franca recuperação da economia mundial no ano que vem.

Coutinho avaliou como muito positivo o cenário de crescimento da economia brasileira para o próximo ano, de 4,5% a 5%, pois vai ocorrer sobre uma base de comparação elevada como a de 2010. Segundo o BC, o PIB deve avançar 7,3% este ano.

Ele ressaltou que uma parte expressiva da evolução do nível de atividade está sendo estimulada pelo incremento da produção de bens de capital, que apresentou uma expansão de 1,5% em agosto na margem e uma alta de 28% ante mesmo mês do ano passado. Coutinho não manifestou preocupação com a queda de 0,1% na produção industrial em agosto ante julho e retração de 1,5% na fabricação de bens intermediários no mesmo período.

"A produção industrial está crescendo mais moderadamente do que o esperado. Há uma flutuação de curto prazo, mês a mês, o que está relacionado com a variação de estoques", comentou. "Os bens intermediários são muito afetados pela formação de estoques. Contudo, o aumento da produção de bens de capital reflete o avanço do ciclo de investimentos no País", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.