Tamanho do texto

Ministro diz que se os ministérios precisarem, mais dinheiro poderá ser liberado

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse há pouco que o investimento no país precisará crescer algo em torno de 10% de 2011 para 2012 para conseguir atingir a marca de 20,4% do PIB no final deste ano.  

Em 2011, a taxa de investimento chegou a 19,3% do PIB. "O investimento em 2012 tem que crescer mais de 10%. Temos que duplicar esse indicador (em 2011 o crescimento ficou um pouco acima de 4%). Precisamos fazer o dobro. O governo estará mobilizando todas as suas energias para que isso aconteça. Não faltarão recursos", afirmou o ministro, durante a apresentação do balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Ele reforçou que os todos os recursos do PAC serão liberados.

"Os ministérios estão sendo provocados para realizar seus programas de investimentos. É possível, é viável. No passado não era assim", destacou o ministro. Segundo ele, para realizar o superávit primário de 3% do PIB neste ano não são necessários cortes de investimentos.

Mantega destacou se os ministérios precisarem mais dinheiro poderá ser liberado para ampliar o investimento. O aumento do investimento público e privado é uma das apostas do governo para conseguir registrar um crescimento de 4,5% do PIB neste ano. (Edna Simão e Thiago Resende | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.