Tamanho do texto

O investimento estrangeiro direto na China despencou 32,67% em janeiro na comparação com o mesmo mês do ano passado, para US$ 7,54 bilhões, informou o Ministério do Comércio chinês. O quarto mês consecutivo de declínio soma-se a outros sinais de desaceleração da atividade econômica do país, que há muito tempo é um dos maiores destinatários de investimentos externos do mundo.

Embora o volume desses investimentos não seja muito grande em relação à produção econômica total da China, o capital externo tem sido importante ao longo dos anos porque as companhias estrangeiras são grandes empregadoras e têm trazido novas tecnologias e know-how para o país.

O investimento externo na China aumentou rapidamente no primeiro semestre do ano passado com a disparada da economia e a expectativa de que o yuan se valorizasse. A crise financeira global, o feriado do Ano Novo Lunar em janeiro e uma base comparativa elevada contribuíram para o declínio, segundo o Ministério do Comércio. O Ano Novo Lunar, que neste caiu em janeiro, em 2008 havia sido celebrado em fevereiro. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.