Tamanho do texto

Tóquio, 3 dez (EFE).- O investimento de capital das empresas japonesas teve entre julho e setembro deste ano uma queda recorde de 40,7% em comparação ao mesmo período em 2008, informou hoje o Ministério das Finanças do Japão.

Essa redução dos investimentos acontece em meio à preocupação pela valorização do iene e pela deflação registrada no país, situações que são combatidas pelo Banco do Japão com medidas de flexibilização monetária.

Apesar do gradual crescimento das exportações, a queda nos investimentos no setor manufatureiro foi maior que a do trimestre anterior (32%).

A redução nos investimentos de capital no Japão entre julho e setembro de 2009 aconteceu pelo quinto trimestre consecutivo.

Segundo o governo do país, as companhias manufatureiras investiram 24,8% menos recursos que no mesmo período do ano anterior, enquanto as não-manufatureiras reduziram seus investimentos em 12,9%.

A pesquisa trimestral realizada pelo governo japonês é uma importante fonte de informação para a revisão do Produto Interno Bruto (PIB).

Os dados preliminares do PIB correspondente ao terceiro trimestre do ano - segundo do ano fiscal japonês - indicaram um crescimento de 4,8% no ano, seu maior aumento desde 2007, o que confirmou que a segunda economia mundial deixou para trás a recessão. EFE clb/id

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas