Tamanho do texto

De fevereiro até agora, índice teve aceleração de 0,17 ponto percentual e deve permanecer neste patamar

selo

O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) deverá encerrar o mês de março com alta de 0,40%, prevê o coordenador do índice da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Paulo Picchetti. Em fevereiro, a inflação medida pelo indicador ficou em 0,24%.

Na segunda quadrissemana de março, o índice saltou a 0,47% de uma variação de 0,41% na primeira medição do mês, mas, segundo o coordenador, a variação porcentual mensal está sendo melhor entre as medições do IPC-S. Do fechamento de fevereiro para a primeira quadrissemana de março, o IPC-S saiu de 0,24% para 0,41%, aceleração de 0,17 ponto porcentual, ao passo que, na divulgação de hoje, a variação foi de 0,06 ponto porcentual. Ainda segundo Picchetti, há preços em queda.

Se a previsão do coordenador for confirmada (0,40%), o número ficará na exata medida da taxa média mensal que a inflação deveria manter ao longo do ano para encerrar 2012 em 5,2%, que é a projeção que Picchetti tem para o IPC-S no fim do ano. É com essa taxa também que ele espera que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o indicador da inflação oficial do País, terminará 2012.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.