Tamanho do texto

Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) registrou deflação de 0,38% em junho, segundo a FGV

O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) do mês de junho registrou deflação de 0,38%, a menor taxa apurada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesse indicador desde setembro de 2008 (-0,57%). No primeiro semestre, o IPC-C1 acumula alta de 4,78% e, em 12 meses até junho, avanço de 5,49%. Em maio de 2010, o índice havia registrado alta de 0,18%. O IPC-C1 mede a inflação para os consumidores de menor renda familiar (até 2,5 salários mínimos).

Em junho, cinco das sete classes de despesa componentes do índice apresentaram desaceleração ou deflação mais intensa em suas taxas de variação: alimentação (de -0,20% em maio para -1,31% em junho), habitação (de 0,63% para 0,14%), saúde e cuidados pessoais (de 0,66% para 0,40%), educação, leitura e recreação (de 0,00% para -0,05%) e vestuário (de 0,80% para 0,78%). Nos demais grupos, houve estabilidade em transportes (-0,01%, mesmo resultado de maio), e aceleração em despesas diversas (de 0,16% em maio para 1,64% em junho).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.