Tamanho do texto

Queda é consequência, principalmente, da estabilidade da energia elétrica e dos preços do tabaco

A inflação anualizada na Espanha caiu pelo quarto mês consecutivo, desta vez quatro décimos, e fechou janeiro em 2%, segundo o indicador antecipado do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) publicado nesta terça-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo o INE, esta queda é consequência, principalmente, da estabilidade da energia elétrica e dos preços do tabaco. A taxa de 2% é a mais baixa desde agosto de 2010, quando marcou 1,8%. Também foi anunciado o indicador antecipado do IPC harmonizado (IPCA) - que mede a evolução dos preços sob o mesmo método em todos os países da zona do euro -, pelo qual a inflação anualizada também caiu quatro décimos em janeiro, a 2%. Este indicador provisório é uma antecipação do IPC, cujo dado definitivo será conhecido em 15 de fevereiro e não costuma variar de forma significativa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.