Tamanho do texto

IGP-M registra variação de 0,89% no período; preços no atacado recuam em relação a setembro

A inflação medida pelo IGP-M teve variação de 0,89% na segunda prévia de outubro, um recuo em comparação ao mesmo período de setembro, quando o indicador ficou em 1,03%. No ano, o índice tem alta acumulada de 8,86% e de 8,69% em doze meses. O índice, calculado pela Fundação Getúlio Vargas, é usado como base para reajuste da maioria dos contratos de aluguel no Brasil.

Os preços no atacado, medidos pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), recuaram para 1,16% na segunda prévia de outubro, ante 1,45% no mesmo período de setembro. O IPA responde por 60% do índice geral e é composto por três estágios.

A taxa de variação dos Bens Finais avançou 1,61%, puxada pela alta de preços dos alimentos in natura. O grupo de Bens Intermediários teve ligeira alta de 0,07%, com destaque para o recuo de materiais e componentes para a manufatura. O estágio de Matérias-Primas ficou em 2,13% no período – de um lado, foi registrado recuo nos preços de algodão e bovinos; e alta para aipim (mandioca) e laranja.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) verificou alta de 0,47% na inflação na segunda prévia de outubro. No mesmo intervalo em setembro, a inflação no grupo foi de 0,24%. Seis das sete classes de despesa que entram na composição do índice registram aumento de preços, com destaque para alimentos. Nesse grupo, as maiores altas foram registradas nos itens arroz e feijão, laticínios e carne bovina.

Já os preços da construção, medidos pelo Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), registraram variação de 0,15% na segunda prévia de outubro, praticamente igual ao verificado no mesmo período de setembro (0,14%). O grupo Materiais, Equipamentos e Serviços registrou variação de 0,29%, ante 0,23% em setembro. Já os custos com Mão de Obra continuaram estáveis, com 0,05%.

A segunda prévia do IGP-M registra a variação de preços no intervalo entre os dias 21 do mês anterior e 10 do mês de referência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.