Tamanho do texto

Nível atingido de - 21,6 é o maior desde julho de 2011, mas ainda assim é muito inferior à média histórica de 24,5 pontos

O índice ZEW de expectativas para a economia da Alemanha, medido pelo Centro para a Pesquisa Econômica Europeia, subiu de -53,8 em dezembro para -21,6 em janeiro e ficou muito acima da expectativa de analistas, que era de uma alta para -49,5.

O nível atingido é o maior desde julho, mas ainda assim é muito inferior à média histórica de 24,5 pontos.

“O aumento deste mês sugere que dentro dos próximos seis meses a atividade econômica alemã deverá se estabilizar em vez de se deteriorar mais. Indicadores econômicos melhores provenientes dos EUA, bem como o recente declínio dos juros pagos pelos títulos de dívida da Espanha e da Itália podem ter contribuído para a melhora do indicador”, apontou o centro em comunicado.

O subíndice de avaliação das condições atuais da Alemanha aumentou 1,6 ponto em relação a dezembro, para 28,4; o de expectativas para a zona do euro avançou 21,6 pontos e ficou em -32,5 e o de avaliação das condições atuais da área de moeda comum caiu 7,7 pontos, para -51,8.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas