Tamanho do texto

O governo da Índia anunciou hoje medidas destinadas a impulsionar o crescimento econômico do país. Entre elas estão gastos extras de 200 bilhões de rupias indianas (US$ 4,04 bilhões) neste ano fiscal, que termina em março de 2009, e um plano de incentivo para os setores de exportação e infra-estrutura.

"O programa de despesas total nos quatro meses restantes do atual ano fiscal é estimado em 3 trilhões de rupias", afirmou um comunicado emitido pelo escritório do primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh.

De acordo com o comunicado, os exportadores receberão subsídios de 200 pontos-base sobre as taxas de juros até março e as unidades geradoras de energia terão permissão para importar nafta sem imposto de importação. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.