Tamanho do texto

Marca foi alcançada em 2010 no dia 21 de setembro; para associação, ritmo este ano demonstra "voracidade da arrecadação tributária"

selo

A marca de R$ 900 bilhões em tributos federais, estaduais e municipais pagos pelos brasileiros desde o início de 2011 será alcançada na tarde de amanhã, prevê a Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

No ano passado, o Impostômetro atingiu essa mesma quantia 34 dias mais tarde, em 21 de setembro. Em 2009, a marca foi batida em 7 de novembro.

De acordo com a ACSP, a velocidade com que o Impostômetro chegou aos R$ 900 bilhões este ano demonstra "a voracidade da arrecadação tributária". "A sociedade não aguenta mais pagar tantos tributos. O governo precisa fazer a sua parte e reduzir os gastos", afirmou a entidade, em nota.

O Impostômetro é um sistema de acompanhamento das receitas tributárias que considera todos os valores arrecadados pelas três esferas de governo em impostos, taxas e contribuições, incluindo as multas, juros e correção monetária.