Tamanho do texto

São Paulo, 22 - O Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pelo produtor rural paulista (IqPR) apresentou alta de 1,49% na segunda semana de outubro. O levantamento considera os 20 principais produtos da agropecuária do Estado e é realizado pelos pesquisadores do Instituto de Economia Agrícola (IEA), da Secretaria estadual de Agricultura e Abastecimento.

O índice de preço dos produtos de origem vegetal (IqPR-V) e o de origem animal (IqPR-A) fecharam no período com variações positivas de, respectivamente, 1,83% e 0,66%.

De acordo com o IEA, no período analisado 11 produtos apresentaram alta de preços (8 de origem vegetal e 3 de animal) e 9 produtos tiveram queda (6 de origem vegetal e 3 de origem animal).

Os produtos do IqPR que registraram as maiores altas na semana foram: amendoim (20,84%), carne suína (9,30%), carne de frango (9,09%) e as laranjas para mesa e para indústria (8,74% e 7,23%, respectivamente). Os pesquisadores observam que o preço do amendoim começa a se recuperar, depois de ter alcançado níveis baixos no primeiro semestre do ano.

Na segunda semana de outubro, os produtos que tiveram as maiores quedas de preços foram: tomate para mesa (21,36%), banana nanica (16,56%), ovos (12,74%), feijão (10,68%) e trigo (5,60%). Segundo o IEA, apesar da queda acentuada do preço do tomate, as cotações ainda estão bem acima da média de anos anteriores, "indicando que a oferta, provavelmente prejudicada pela instabilidade climática, ainda não se ajustou à demanda", afirmam os pesquisadores em boletim semanal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.