Tamanho do texto

Pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta sexta-feira revela que 69% dos brasileiros temem ser afetados pela crise financeira internacional. Em dezembro ¿ última vez que esta pesquisa foi realizada ¿ este índice era de 64%.

O estudo mostra ainda que 37% da população já sentem o efeito da crise, contra 29% que responderam da mesma maneira há três meses. Dentre os principais efeitos da crise, o aumento do preço dos produtos ficou em primeiro lugar do ranking com 47%. Em seguida vem dificuldade para pagar dívidas (32%), perda do emprego (27%), e aumento da taxa de juros para comprar eletrodomésticos ou automóveis (27%).

Os entrevistados também estão mais incrédulos com as medidas tomadas pelo governo em resposta às as turbulências da economia mundial. Em dezembro, 62% consideram boa ou ótima a atuação do governo neste sentido, contra apenas 47% que têm este entendimento hoje ¿ uma queda de 15 pontos percentuais. Nesta pesquisa, 39% dos eleitores responderam à pesquisa que o Brasil está mais preparado para enfrentar a crise. Em dezembro a mesma pergunta foi feita e apenas 43% pensavam desta maneira.

O Ibope quis saber ainda sobre a expectativa das pessoas para o fim da crise e apurou que apenas 32% acreditam que o problema estará resolvido ainda este ano, contra 51% que faziam esta aposta em dezembro.

A pesquisa foi realizada entre os dias 11 e 15 de março com 2.002 entrevistados em 144 municípios. A margem de erro é de 2% para mais e para menos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.