Tamanho do texto

Entre as categorias de uso pesquisadas pelo IBGE, a produção de bens de consumo duráveis apresentou a maior queda na produção, de 30,9%, em janeiro ante janeiro do ano passado. Nessa mesma base de comparação, houve recuo em todas as categorias: bens de capital (máquinas e equipamentos), com -13,4%; bens intermediários (-20,4%), bens de consumo semi e não duráveis (-8,3%).

Ainda nesse confronto, a produção de veículos automotores despencou 34,5%.

Na comparação de janeiro deste ano ante dezembro do ano passado, apenas a categoria de bens de consumo semi e não duráveis mostrou queda, de 0,6%. Houve aumento, nessa mesma base de comparação, em bens de capital (8,4%), bens intermediários (0,8%) e bens de consumo duráveis (38,6%). A produção de veículos automotores subiu 40,8% em janeiro ante dezembro.

Tendência

O índice de média móvel trimestral da produção industrial, considerado o principal indicador de tendência, registrou queda de 6,2% no trimestre encerrado em janeiro ante o terminado em dezembro do ano passado, divulgou hoje o IBGE.

O resultado da média móvel é um pouco melhor do que o apurado em dezembro, quando a queda foi de 6,9%. Em novembro de 2008, o índice havia registrado recuo de 2,4%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.