Tamanho do texto

Índice de Preços ao Produtor (IPP) recuou 0,66% em junho contra maio

selo

Houve queda de preços em 15 das 23 atividades pesquisadas no Índice de Preços ao Produtor (IPP) em junho, contra dez no mês anterior, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

As quatro maiores variações de junho ante maio foram verificadas em equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (-3,80%), produtos de metal (-2,64%), têxtil (-2,41%) e metalurgia (-1,86%).

Os itens que tiveram maior impacto na queda de 0,66% no índice em junho contra maio foram alimentos (-0,27 ponto porcentual), metalurgia (-0,16 ponto porcentual), outros produtos químicos (0,13 ponto porcentual) e equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (-0,13 ponto porcentual).

Revisão

O IBGE revisou a variação do índice de Preços ao Produtor (IPP) de maio ante abril, de uma queda de 0,55% para um recuo de 0,46%. O número acumulado no ano até maio também foi revisado, passando de 1,13% para 1,22%. Já a variação acumulada nos 12 meses encerrados em maio foi revista de 5,60% para 5,69%.