Tamanho do texto

O MEND, principal grupo armado do sul petroleiro da Nigéria, anunciou neste domingo a libertação de um ucraniano e três nigerianos, capturados por piratas em meados em de setembro.

Estes reféns fazem parte de um grupo de 27 indivíduos que o MEND disse ter resgatado das mãos de piratas em meados de setembro e que retinha desde então.

O movimento afirma que vai manter os dois britânicos seqüestrados enquanto permanecer detido seu líder Henry Okah, atualmente sendo julgado no centro do país.

Este movimento afirma lutar por uma melhor redistribuição das rendas do petróleo em favor das populações locais.

jlh/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.