Tamanho do texto

A Grécia enfrentou ontem mais um dia de greve, desta vez protagonizada pelos médicos do setor público e pelos servidores da distribuidora de energia estatal. Os profissionais das duas categorias protestam contra a política de cortes nos salários que o governo adotou para reduzir a enorme dívida do país.

Segundo o jornal Ekathimerini, mais da metade dos hospitais públicos do país foi afetado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.