Tamanho do texto

País quer encerrar até sexta-feira as negociações com inspetores internacionais

A Grécia concordou com 6,4 bilhões de euros em novas medidas para reduzir seu deficit em 2011, e visa encerrar até sexta-feira as negociações com inspetores internacionais, disse uma fonte sênior do governo à Reuters nesta quinta-feira.

O primeiro-ministro, George Papandreou, irá apresentar os principais pontos do plano orçamentário de médio prazo ao presidente dos ministros da zona do euro, Jean-Claude Juncker, em reunião na sexta-feira, segundo a fonte.

A equipe formada por União Europeia, Fundo Monetário Internacional (FMI) e Banco Central Europeu (BCE), conhecida como "troika", está em Atenas desde o início de maio negociando duas coisas: se o governo está qualificado para receber a quarta parcela do pacote de resgate e a sustentabilidade da dívida do país.

"As negociações com a troika devem ser concluídas no fim da quinta-feira ou na sexta-feira. Estamos em um estágio em que a troika está pedindo detalhes sobre várias questões", acrescentou a autoridade, que pediu anonimato.

O plano orçamentário inclui aumentos de impostos e menores isenções tributárias, disse.

"A discussão sobre medidas adicionais de 6,4 bilhões de euros para 2011 foi concluída, os recursos foram encontrados."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.