Tamanho do texto

LONDRES - O ministro britânico do Comércio, Peter Mandelson, anunciou nesta terça-feira medidas de apoio ao setor automotivo, passando pela garantia de 2,3 bilhões de libras (2,5 bilhões de euros) de empréstimos, dos quais 1,3 bilhão de libras saíram do Banco Europeu de Investimentos.

O ministro, falando no Parlamento, insistiu sobre o fato de que esta ajuda não é um "plano de resgate, nem um cheque em branco às empresas do setor automobilístico. "Trata-se de ajudar os construtores e os principais fornecedores a superarem a virada ecológica", explicou.

Mandelson afirmou que as medidas que estava anunciando "estimularia de forma importante o setor, ajudando a fazer do Reino Unido um líder mundial do desenvolvimento e da fabricação de carros ecológicos".

Este plano de ajuda foi discutido durante um conselho de ministros realizado pela manhã e Lord Mandelson apresentou estas medidas antes de uma reunião, marcada para quarta-feira, com representantes dos principais construtores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.