Tamanho do texto

Bruxelas, 28 set (EFE).- O banco Fortis ficará sob controle público, segundo o acordo alcançado hoje pelas autoridades da Bélgica, Holanda e Luxemburgo, que injetarão na entidade um total de 11,2 milhões de euros em troca de 49% do capital das divisões de bancos em cada um dos três países.

O Estado belga dará 4,7 milhões de euros; o holandês, 4 milhões de euros, e o luxemburguês, 2,5 milhões de euros.

Com esta decisão, os três Governos tentam garantir a estabilidade do Fortis, uma das entidades européias que foi mais atingida pelas turbulências financeiras. EFE epn/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.