Tamanho do texto

Meta atual de superávit prevista pelo ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior é de US$ 15 bilhões para 2010

O governo deverá elevar na próxima segunda-feira a meta de superávit da balança comercial brasileira deste ano, prevista atualmente em US$ 15 bilhões.

A informação partiu nesta sexta-feira do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, que preferiu não adiantar os números que a Pasta está projetando.

A atual meta do ministério prevê exportações de US$ 190 bilhões e importações de US$ 175 bilhões. "Vamos revisar esses números para números mais positivos na próxima segunda-feira", informou o ministro.

Durante evento organizado na capital paulista pela Câmara Brasil Alemanha, Miguel Jorge criticou a divulgação por analistas de previsões para a balança comercial no próximo ano tão díspares, que apontam desde um déficit de US$ 6 bilhões a uma repetição do superávit de US$ 15 bilhões.

"Não acredito em analistas desde o tempo que eu era jornalista", afirmou o ministro, em lembrança à época em que trabalhou em redações de jornais. Questionado sobre qual é a tendência para o saldo das transações comerciais brasileiras, Miguel Jorge afirmou que o ministério ainda não traçou uma projeção para 2011.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.