Tamanho do texto

Brasília, 5 mar (EFE).- A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, anunciou hoje que o Governo pretende criar uma nova empresa estatal que deverá absorver e desenvolver tecnologia para a construção de trens de alta velocidade.

Segundo ela, a ideia é de que essa empresa trabalhe "articulada com universidades e empresas privadas nacionais" e seja "a portadora da transferência de tecnologia" que se exigirá na licitação para a construção de um trem de alta velocidade entre Rio de Janeiro e São Paulo.

O projeto para a construção do trem faz parte das obras para a realização da Copa do Mundo de 2014.

A previsão é de que a licitação seja convocada neste mesmo ano e que as obras custem e torno de US$ 11 bilhões.

Dilma, que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva promove como sua possível candidata à sucessão no ano que vem, reiterou que a construção do trem de alta velocidade é uma das prioridades do Governo na área de transporte. EFE ed/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.