Tamanho do texto

O secretário de planejamento e desenvolvimento energético do Ministério de Minas e Energia, Altino Ventura Filho, disse que os projetos do setor de energia não serão adiados e terão financiamento do BNDES e participação das estatais. Levantamento feito pelo banco em agosto revela que os investimentos em petróleo e energia representam metade dos aportes previstos pelos setores de indústria, infra-estrutura e construção entre 2008 e 2011, que totalizam R$ 1,3 trilhão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.