Tamanho do texto

PARIS (Reuters) - O governo francês deu aval para a parceria da Renault-Nissan com a Daimler, cujos detalhes serão divulgados na quarta-feira, em Bruxelas.

Segundo o ministro francês da Indústria, Christian Estrosi, o governo permanece com a intenção de ser o maior acionista da montadora.

PARIS (Reuters) - O governo francês deu aval para a parceria da Renault-Nissan com a Daimler, cujos detalhes serão divulgados na quarta-feira, em Bruxelas.

Segundo o ministro francês da Indústria, Christian Estrosi, o governo permanece com a intenção de ser o maior acionista da montadora.

Uma fonte industrial afirmou que o anúncio da parceria deve ser feito na quarta-feira, antes da abertura do mercado.

Na manhã desta terça-feira, a Renault convocou uma reunião do conselho para discutir a aliança com a Daimler, na qual participou Luc Rousseau, secretário de Concorrência, Indústria e Serviço e um dos funcionários que representa o governo francês no conselho da Renault.

"Posso dizer que aprovamos esta parceria com a Daimler, tanto que um funcionário nosso participará para defender a estratégia industrial do Estado", acrescentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.