Tamanho do texto

Brasília, 03 - O governo comprará R$ 40 milhões em sacas de trigo em março, por meio de contrato de Aquisição do Governo Federal (AGF) a ser oferecido pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A informação foi divulgada na tarde desta quarta-feira pela assessoria de imprensa do deputado Luis Carlos Heinze (PP-RS), que teria recebido a confirmação diretamente do ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561475413&_c_=MiGComponente_C

Um técnico do Ministério da Agricultura confirmou a informação de que o governo está estudando a possibilidade, mas que os detalhes da operação ainda não estão todos definidos. Possivelmente, segundo ele, essa quantia será destinada à produção do Rio Grande do Sul.

"A intervenção governamental é muito importante para aquecer as vendas e melhorar os preços do produto pago ao triticultor", avaliou o deputado na nota à imprensa, acrescentando que o mercado do cereal está "fraco" e que os produtores têm muitas dívidas para pagar neste período. "Com isso, eles terão recursos para saldar suas operações de custeios nos bancos", acrescentou.

Heinze disse ainda no comunicado que os produtores, cooperativas e empresas interessadas em comercializar o grão devem procurar a Conab para acertar os detalhes da entrega do trigo nos armazéns credenciados. O limite de venda por produtor é de mil sacas, mas se negocia com o governo a possibilidade de aumentar esse volume.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.