Tamanho do texto

O governo da Bélgica irá garantir todos os depósitos em poupança do banco belgo-holandês Fortis, afirmou hoje Marianne Thyssen, líder do Partido Democrata Cristão. Segundo ela, a medida é necessária para restaurar a confiança no Fortis, que é o maior banco da Bélgica e o maior empregador privado do país.

"O governo atual dá suporte, garantimos que as cadernetas de poupança estão 100% seguradas", afirmou ela. A lei belga garante até 20.000 euros (US$ 29.000) dos recursos depositados nas cadernetas de poupança.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.