Tamanho do texto

SÃO PAULO - O Ministério da Agricultura vai destinar R$ 450 milhões do orçamento das operações de crédito para medidas de apoio à comercialização da safra de trigo 2008/09. Esse valor contempla até 1,7 milhão de toneladas do cereal, o que representa 30% da produção nacional nesta safra.

A colheita do cereal, que já teve início em algumas regiões do Paraná, maior Estado produtor, está estimada em 5,4 milhões de toneladas, segundo a Safras & Mercado.

O objetivo é garantir o preço mínimo ao produtor, que está em R$ 28,80 por saca de 60 quilos e evitar o comprometimento da renda do setor. A decisão de apoio ao trigo se deve à recente queda de preço da commodity no mercado internacional e ao início da colheita no Paraná, que derrubou as cotações no país em 23% no último mês.

Segundo o ministério, estão previstas operações de Aquisição do Governo Federal (AGF), oferta de contrato de opção de venda e leilões de Prêmio de Escoamento de Produto (Pep) e de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (Pepro), com escoamento do trigo das regiões de produção para o Norte e o Nordeste. Dessa forma, a necessidade de importação de trigo nessas regiões será reduzida. As operações terão início em setembro no Paraná.

Leia mais sobre agricultura

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.