Tamanho do texto

SÃO PAULO - O Ministério da Agricultura vai destinar R$ 450 milhões do orçamento das operações de crédito para medidas de apoio à comercialização da safra de trigo 2008/09. Esse valor contempla até 1,7 milhão de toneladas do cereal, o que representa 30% da produção nacional nesta safra.

A colheita do cereal, que já teve início em algumas regiões do Paraná, maior Estado produtor, está estimada em 5,4 milhões de toneladas, segundo a Safras & Mercado.

O objetivo é garantir o preço mínimo ao produtor, que está em R$ 28,80 por saca de 60 quilos e evitar o comprometimento da renda do setor. A decisão de apoio ao trigo se deve à recente queda de preço da commodity no mercado internacional e ao início da colheita no Paraná, que derrubou as cotações no país em 23% no último mês.

Segundo o ministério, estão previstas operações de Aquisição do Governo Federal (AGF), oferta de contrato de opção de venda e leilões de Prêmio de Escoamento de Produto (Pep) e de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (Pepro), com escoamento do trigo das regiões de produção para o Norte e o Nordeste. Dessa forma, a necessidade de importação de trigo nessas regiões será reduzida. As operações terão início em setembro no Paraná.

Leia mais sobre agricultura

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.