Tamanho do texto

Os três construtores automobilísticos americanos GM, Ford e Chrysler estão pressionando a administração Bush e o Congresso por um apoio financeiro rápido, que deve ajudá-las a enfrentar suas dificuldades, informou a imprensa neste sábado.

Segundo o Financial Times, os "Big Three" de Detroit querem o desbloqueio, antes da eleição presidencial americana de novembro, dos 25 bilhões de dólares de empréstimos a taxas preferenciais votados pelo Congresso durante a votação de uma lei sobre energia em dezembro passado destinada a apoiar o setor na transformação da produção para mais modelos econômicos em combustíveis.

Esta soma não é considerada suficiente por GM, Ford e Chrysler, escreveu o Wall Street Journal, acrescentando que o setor quer um financiamento de 40 a 50 bilhões de dólares.

aa/chv/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.