Tamanho do texto

"O contingenciamento é uma posição firme do governo e fundamental para nós", informou a ministra chefe da Casa Civil

selo

A ministra chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, afirmou hoje que o corte de R$ 50 bilhões no Orçamento da União para 2011 será mantido. "O contingenciamento é uma posição firme do governo e fundamental para nós. É uma política que vamos levar até o final", disse a ministra após reunião da Junta Orçamentária com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e a ministra do Planejamento, Miriam Belchior.

Apesar do novo recorde da arrecadação federal em maio, Gleisi afirmou que as receitas estão dentro do previsto e que "só se pode falar em recorde quando fechar o ano". Ela destacou ainda que os recursos para o Programa Minha Casa, Minha Vida já estão previstos no Orçamento de 2012. "Não vai ser preciso fazer nenhuma adequação para o ano que vem", disse, numa referência à nova etapa do programa que foi lançada hoje e que vai exigir investimentos da ordem de R$ 125,7 bilhões (para subsídios e financiamento) a serem aplicados de 2011 a 2014.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.