Tamanho do texto

"Demonstraram assombrosa falta de conhecimento sobre a matemática do orçamento fiscal dos EUA", disse o secretário do Tesouro

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Timothy Geithner, qualificou neste domingo a degradação da dívida americana como de "verdadeiramente terrível" por parte da Standard & Poor's (S&P), à qual acusou de se comportar de forma "muito pobre", em entrevista transmitida neste domingo pela rede "CNBC", ao se referir à degradação da dívida americana, de AAA, sua qualificação máxima, para AA, na sexta-feira passada.

"Demonstraram uma assombrosa falta de conhecimento sobre a matemática básica do orçamento fiscal dos EUA. Acho que tiraram precisamente uma conclusão errônea do acordo orçamentário", assinalou Geithner.

Assim, o titular do Departamento do Tesouro se referiu à queixa que fez na sexta-feira sua dependência no sentido de que a S&P cometeu um erro "de dois trilhões de dólares" ao decidir pelo rebaixamento da dívida.

Embora os mercados de futuros estivessem em baixa horas antes da abertura de Wall Street, Geithner insistiu em que os investidores devem continuar depositando sua confiança na dívida americana. "A decisão da S&P não mudou nada e não existe risco de que os EUA não possam cumprir com suas obrigações", reforçou Geithner, que notificou ao presidente Barack Obama que permanecerá no cargo para encarar os desafios que o país enfrenta.