Tamanho do texto

Faturamento geral do mercado publicitário deve ter alta de 3,9% e chegar próximo de US$ 500 bilhões

O valor gasto por empresas de todo o mundo em publicidade online deve chegar a R$ 130 bilhões neste ano, o que representaria uma alta de 17,2% em relação ao ano passado. Segundo pesquisa divulgada hoje pelo instituto eMarketer, esse crescimento deve continuar elevado – sempre maior que 10% ao ano – até 2015, quando o segmento digital irá representar 22,1% do total de gastos em anúncios.

O estudo também estima que o gasto total em publicidade deve ficar próximo a US$ 500 bilhões (R$ 785 bi) em 2011, o que representaria alta de 3,9% em relação ao ano passado. A soma se refere a anúncios em revistas, jornais, outdoors, rádio, TV e internet. A análise do eMarketer projeta que o mercado publicitário global também deve continuar crescendo até 2015, quando esse valor chegaria próximo a US$ 600 bilhões (R$ 960 bi).

No Brasil, especialistas também chamam a atenção para a expansão do segmento digital. “O crescimento do investimento em mídia online no país é uma decorrência natural do crescimento da internet no pais. A internet não pode mais ser vista como ‘nicho’, ‘para poucos’ ou qualquer outra expressão limitadora”, diz Ana Paula Cortat, vice-presidente de planejamento da AgênciaClick Isobar, especializada no setor. “Não é mais possível pensar uma estratégia de comunicação sem considerar o online, sob o risco de deixar de acompanhar o consumidor”, afirma.

Na opinião de Leandro Fujita, diretor de mídia online da AlmapBBDO, o crescimento deve mesmo continuar nos próximos anos. "É uma forte tendência. Nossa equipe de mídia online triplicou nos últimos cinco meses, acompanhando crescimento da agência", conta. "Não apenas os anunciantes pedem foco no segmento digital, mas a própria agência entendeu a importância disso e propõe a eles que apostem em online, para não ficarem para trás", diz.

Para Ana Paula, a diversificação de tipos de anúncio na internet também ajudou a aquecer o mercado. “As estratégias de varejo, os links patrocinados, as mídias sociais, a presença cada vez maior de filmes e vídeos nas estratégias de marca tem comprovado o potencial de geração de resultados da web", afirma.

Os gastos com publicidade online, de acordo com o eMarketer, devem romper a barreira dos US$ 100 bilhões (ou R$ 159 bi) em 2013, quando o segmento irá representar 19,4% do total de gastos com anúncios.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.