Tamanho do texto

A fusão com a GM pode resultar no fechamento de sete das 14 fábricas da Chrysler nos EUA, além da eliminação de 19 dos 26 modelos de carros da montadora. A avaliação é de Kimberly Rodriguez, especialista no setor automotivo da consultoria Grant Thornton LLP.

Rodriguez estimou que entre 30 mil e 40 mil dos 67 mil empregados da Chrysler podem ser demitidos. Além disso, outros 50 mil empregos podem ser cortados nas empresas fornecedoras da companhia.