Tamanho do texto

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmaram em um comunicado conjunto que são favoráveis a uma revisão dos tratados da União Europeia (UE) e a um conjunto de sanções mais amplo para os países da zona do euro que infringirem gravemente os princípios de base econômica do bloco monetário

selo

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmaram em um comunicado conjunto que são favoráveis a uma revisão dos tratados da União Europeia (UE) e a um conjunto de sanções mais amplo para os países da zona do euro que infringirem gravemente os princípios de base econômica do bloco monetário.

Ainda de acordo com o comunicado conjunto de Merkel e Sarkozy, a revisão dos tratados também deve permitir a criação de um mecanismo permanente para lidar com crises futuras e garantir a estabilidade financeira. As mudanças devem ser adotadas e colocadas em votação até 2013, acrescentaram.

Nenhum governo da zona do euro até hoje foi punido por violar as regras fiscais do bloco, segundo as quais os países devem manter um déficit orçamentário inferior a 3% do Produto Interno Bruto (PIB) e uma dívida total menor que 60% do PIB.

Merkel e Sarkozy disseram que deve haver sanções automáticas para países que estiverem com um nível elevado de endividamento se o Conselho Europeu decidir que essas nações não tomaram as medidas necessárias para corrigir o problema num período de seis meses. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.