Tamanho do texto

WASHINGTON (Reuters) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) informou nesta quinta-feira que a economia mundial vai contrair entre 0,5 e 1,0 por cento e pediu que as economias desenvolvidas se apressem em resolver as fortes pressões sobre o mercado financeiro. Em relatório para a reunião do G20 na Grã-Bretanha na semana passada, o FMI divulgou que as economias desenvolvidas então em uma severa recessão que vai levar à uma contração econômica entre 3,0 e 3,5 por cento em 2009, melhorando para uma taxa de crescimento perto da estabilidade em 2010.

O fundo informou que a economia dos Estados Unidos deve contrair 2,6 por cento este ano, enquanto a da zona do euro deve retrair 3,2 por cento em 2009.

O Japão deve sofrer um declínio de 5,8 por cento em 2009 e vai continuar no negativo em 2010, a uma taxa de 0,2 por cento.

(Reportagem de Lesley Wroughton)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.