Tamanho do texto

SÃO PAULO - O volume de empréstimos imobiliários com recursos da caderneta de poupança alcançou R$ 3,6 bilhões em setembro, um recorde em 2009 e na história do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), informou nesta segunda-feira a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). O volume de financiamentos contratados no mês passado corresponde a alta de 13,3% ante o registrado em agosto.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237577279424&_c_=MiGComponente_C

Nos últimos 12 meses, conforme a entidade, as operações contratadas no âmbito do SBPE somam R$ 30,4 bilhões, com aumento de 4,7% em relação a setembro do ano passado.

Também em número de unidades financiadas setembro representou um novo recorde para o ano, e o quarto melhor na história do SBPE. No mês passado, foram financiados 30.286 imóveis, ante 29.641 em agosto e 29.374 em setembro de 2008.

Em 12 meses, aponta a Abecip, "foram concedidos 282 mil financiamentos, com valor médio de cerca de R$ 120 mil por unidade, superior em quase 20% à média de 2008."

Em relação à captação líquida da poupança, a Abecip informa que, em setembro, o resultado foi de R$ 3,5 bilhões, com alta de 1,5% ante agosto.

No mês passado, o saldo das cadernetas de poupança no SBPE totalizou R$ 238,1 bilhões, com crescimento nominal de 15,9% ante setembro de 2008.

Conforme a Abecip, os "dados indicam que o SBPE retomou os níveis de atividade anteriores à crise e tenderá a apresentar evolução positiva, em termos reais, em 2009, quebrando os recordes de 2008, quando foram financiadas 299.685 unidades, no montante de R$ 30,032 bilhões".

Leia mais sobre crédito imobiliário

    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.