Tamanho do texto

Para OMC, liquidez voltou e níveis de financiamento comercial em países desenvolvidos retorna para níveis pré-crise

Dois anos depois do início da crise econômica mundial, o financiamento do comércio voltou a atingir níveis relativamente positivos, apesar de a recuperação não ser equilibrada.

Essa conclusão se deu em reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC), da qual participaram o diretor-geral da entidade, Pascal Lamy, e representantes dos bancos regionais de desenvolvimento e dos principais bancos privados mundiais, tais como HSBC, UBS, Royal Bank of Scotland, Bank of Tokyo-Mitsubishi, Citybank, BNP Paribas e D.Morgan.

Segundo as discussões do encontro, a liquidez voltou e os países desenvolvidos de América do Norte, Europa Ocidental e algumas nações da Ásia recuperaram os níveis de financiamento comercial anteriores à crise, algo que não sucedeu com outras nações menos favorecidas.

Países como Paquistão e Vietnã, na Ásia, algumas nações da Europa Oriental e a maioria das da América Central e da África não conseguem obter créditos para financiar o comércio, um dos setores que gera menos riscos, como se constatou no encontro, já que apenas 0,002% dos empréstimos para financiar o comércio não são pagos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.