Tamanho do texto

A Outer Shoes, marca do empreendedor Breno Bulus, fechará 2015 com mais de 160 mil pares de calçados vendidos

A insatisfação com a carreira escolhida e a vontade de empreender fizeram com que Breno Bulus abandonasse a engenharia civil e criasse a Outer Shoes. A rede de calçados aberta há 10 anos conta com 22 lojas franqueadas e um faturamento, no último ano, de R$ 25 milhões. Os calçados são responsáveis por 90% da receita da marca, que também vende cintos, carteiras e bolsas.

Breno Bulus largou a carreira na Engenharia Civil para investir na própria marca de calçados
Divulgação
Breno Bulus largou a carreira na Engenharia Civil para investir na própria marca de calçados

“Eu já tinha dúvida de seguir na área desde o vestibular e tive um case de sucesso na minha família. Meu irmão empreendeu em outra área e foi muito bem. Isso me inspirou a abrir meu próprio negócio”, lembra Breno.

A ideia de apostar em calçados, mesmo sem ter qualquer experiência prévia na área, foi por ter dificuldade de encontrar produtos  que satisfizessem seu gosto e perceber aí um mercado que poderia ser atendido. “Eu sentia falta de calçados com design despojado. O mercado era muito conservador, com produtos muito previsíveis. Tinha dificuldade de achar coisas legais”, comenta Breno.

Aos 25 anos, deixou a carreira de engenheiro para trás e criou o conceito da marca. A primeira loja veio em 2005 com um investimento de R$40 mil, dinheiro juntado dos primeiros trabalhos. O conceito, segundo Breno, é “contemporâneo e que valoriza a sustentabilidade”. Ele foi pensado com base em pesquisas feitas, desde como é a produção no Brasil até com paralelos em outras áreas como a arquitetura. “A gente tem uma preocupação com o DNA da marca desde o início. O foco é trazer a natureza para a cidade”, afirma.

Hoje, a rede trabalha apenas com franquias. A primeira, aberta em dezembro de 2010, foi um investimento de um funcionário que acreditava no negócio. Um ano depois, abriu a segunda e, hoje, conta com cinco unidades.

“O conceito é diferente do que tem no mercado. São lojas compactas e com elementos da natureza, mas sem perder a sofisticação”, comenta Breno.

Loja Outer Shoes no Shopping Morumbi, em São Paulo, tem elementos que remetem a natureza
Divulgação
Loja Outer Shoes no Shopping Morumbi, em São Paulo, tem elementos que remetem a natureza

O modelo de expansão baseado nas franquias permite que Breno foque na criação de produtos. “Temos uma equipe exclusiva para isso. Acreditamos que a moda é uma forma de comunicação com a situação que a sociedade vive”. São 12 lojas no Rio de Janeiro, duas em Recife e mais uma em São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Brasília, Goiânia e João Pessoa, além do e-commerce.

O investimento para abrir uma loja da Outer Shoes gira em torno dos R$ 300 mil e promete um rendimento médio de R$ 150 mil. O prazo de retorno do dinheiro investido é de dois anos.

Nem mesmo o momento da economia atrapalha os planos do empreendedor. Segundo Filipe Lamim, responsável pela área focada na expansão da marca, em 2016 a rede deve ter um crescimento na casa dos 40%, com uma previsão de abrir novas lojas em Brasília, Salvador e São Paulo, tanto na capital quanto no interior. Esse ano é esperado que o faturamento alcance R$ 38 milhões com mais de 160 mil pares vendidos.

>> MAIS: 10 empreendedores de sucesso com menos de 30 anos

Leia outras matérias sobre empreendedorismo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.