Tamanho do texto

Média de inadimplentes foi de 71,26% de maio de 2014 ao mesmo mês deste ano; Santa Catarina tem a menor taxa

A média nacional de Microempreendedores Individuais (MEIs) inadimplentes gira em torno de 50%, mas em alguns Estados a situação é bem pior. O caso que mais chama a atenção é o do Amapá, que lidera o ranking com 71,26% de inadimplência entre maio de 2014 e maio desde ano.

Historicamente, desde a criação da categoria, o percentual de maus pagadores se mostra alto, girando em torno de 50%. Mas o Amapá não é o único a passar longe da média já elevada. Os vizinhos da região norte Amazonas (68,10%), Acre (65,84%), e Rondônia (62,54%) ficam próximos da relação de três pagadores assíduos a cada dez inscritos.

Leia mais: Receita libera consulta ao 3º lote de restituições do Imposto de Renda 2015

A média entre todos os Estados registrada no período de um ano após a circulação dos carnês de cobrança de arrecadação simplificada (DAS) é de 53,77%. Embora nivelado por baixo, o levantamento mostrou que 12 dos 27 Estados conseguiram ficar abaixo da média. Com mais da metade dos MEIs sem débitos com a Receita Federal, Santa Catarina (43,03%) apresenta o melhor rendimento do País.

Confira abaixo o ranking completo da inadimplência no MEI:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.