Tamanho do texto

Empresário de 27 anos arrematou aeronave em leilão e pretende tornar o empreendimento um ponto turístico no município de Poços de Caldas

Cargueiro que será transformado em um restaurante em Poços de Caldas (MG) foi arrematado pelo empresário Thiago Oliveira, 27 anos
Arquivo pessoal
Cargueiro que será transformado em um restaurante em Poços de Caldas (MG) foi arrematado pelo empresário Thiago Oliveira, 27 anos

Um avião cargueiro de 57 metros de comprimento por 54 metros de envergadura deve ser o cenário para um almoço em família à beira de uma rodovia em Minas Gerais. Poços de Caldas, um município de 150 mil habitantes conhecido por suas águas termais, irá ganhar um restaurante na aeronave a partir do primeiro semestre de 2015.

O empresário Thiago Oliveira, 27 anos, no cargueiro que será transformado em um restaurante em Poços de Caldas (MG)
Arquivo pessoal
O empresário Thiago Oliveira, 27 anos, no cargueiro que será transformado em um restaurante em Poços de Caldas (MG)

O empresário Thiago Oliveira, 27 anos, sobrinho de piloto que se declara apaixonado pela aviação, resolveu criar o projeto quando viu uma reportagem que apontava que aeronaves inutilizadas deveriam ser retiradas do pátio do aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), até a Copa do Mundo. "Era uma oportunidade". Sua família já é proprietária de outros restaurantes na região. 

Leia também: Lufthansa traz maior avião do mundo ao Brasil

A negociação para a aquisição do modelo DC-8, parte da massa falida da companhia aérea Skymaster, durou dois anos, até que o empresário arrematou o cargueiro em um leilão realizado em outubro do ano passado. "Acabei gastando o triplo do previsto. Os aviões tinham dívidas de milhões. O transporte das partes da aeronave também tem um custo alto e irá durar dez dias", conta. 

Thiago utilizou rendimentos de seu negócio, uma revenda de automóveis, para a compra da aeronave, que será restaurada. Apenas o projeto e o simulador de voo, que será colocado na cabine da aeronave e poderá ser utilizado pelos visitantes, somam R$ 1 milhão. O empreendedor não revela o valor pago pela aeronave. 

Projeto do cargueiro que será transformado em um restaurante em Poços de Caldas (MG)
Reprodução
Projeto do cargueiro que será transformado em um restaurante em Poços de Caldas (MG)

O restaurante terá mesas em uma estrutura montada em cima de uma de suas asas e os clientes poderão circular pela aeronave na entrada do empreendimento. Thiago planeja oferecer a culinária tradicional brasileira e também comida japonesa. O cardápio fará menções à aeronave e à aviação, e os funcionários se vestirão como tripulantes. 

E também: Avião da Hello Kitty faz primeiro voo de longa distância

A ideia é simular o ambiente de um aeroporto à beira da Rodovia do Contorno, que leva à cidade. O empreendimento terá iluminação especial e será montado em piso com pintura de pista de pouso. "A capacidade do restaurante será para 300 pessoas. Será um ambiente familiar", conta o empresário. 

As partes do modelo começaram a ser transportadas para o município localizado no Sul do Estado nesta semana e já chamou atenção dos moradores, diz Thiago. "Tinha desde crianças a idosos querendo tirar foto. Provocou até um pequeno congestionamento".

    Leia tudo sobre: empreendedorismo