Tamanho do texto

Comprovação de inscrição no cadastro deverá ser feita por outros documentos, como carteira de identidade e de habilitação

A partir desta segunda-feira, dia 6, a Receita Federal deixa de emitir o cartão CPF em formato plástico e passa a emitir somente o Comprovante de Inscrição no CPF, documento gerado no atendimento no Banco do Brasil, Correios e Caixa Econômica Federal ou impresso a partir da página da Receita Federal na Internet. Com a mudança, órgãos públicos e pessoas jurídicas em geral não devem mais solicitar a apresentação do cartão CPF em formato plástico para comprovar a inscrição das pessoas no cadastro.

Veja como comprovar a inscrição no CPF:

 - Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), carteira de identidade profissional, carteiras funcionais emitidas por órgãos públicos, cartão magnético de movimentação de conta-corrente bancária, talonário de cheque bancário e outros documentos de acesso a serviços de saúde pública de assistência social ou a serviços previdenciários, desde que conste neles, o número de inscrição no CPF;

 - Comprovante de Inscrição no CPF emitido pelas entidades conveniadas à Receita Federal (Banco do Brasil, Correios e Caixa Econômica Federal);

- Comprovante de Inscrição no CPF impresso a partir da página da Receita Federal na Internet;

 - Outros modelos de cartão CPF emitidos de acordo com a legislação vigente à época.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.