Tamanho do texto

Segundo a Receita, instabilidade na geração da guia foi superada. Documento pode ser pago sem multa até sexta-feira

A assessoria de comunicação da Receita Federal informou que a emissão da Guia Única do Simples Doméstico já pode ser feita normalmente no portal eSocial . Neste domingo  (1°),  primeiro dia em que o documento ficou disponível aos empregadores, houve dificuldades de acesso

De acordo com a Receita, o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) atuou para corrigir o que seria uma instabilidade temporária. O sistema teria voltado ao normal por volta das 18h.

Na guia do Simples Doméstico estão incluídos os tributos que os patrões de empregados domésticos devem pagar, como a contribuição previdenciária e o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O documento pode ser pago sem multa até a próxima sexta-feira (6). O pagamento pode ser feito em qualquer agência ou canais eletrônicos disponíveis pela rede bancária. O Fisco espera a adesão de 1,2 milhão de trabalhadores ao sistema.

Para formalizar a situação do trabalhador doméstico, o empregador deve registrar seus dados e os do funcionário na página do programa . Para funcionários contratados até setembro deste ano, os formulários eletrônicos devem ser preenchidos até o fim deste mês. Os empregados contratados a partir de outubro devem ser cadastrados até um dia antes de começarem a trabalhar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.