Tamanho do texto

Conta de luz residencial em São Paulo ficará 17,31% mais cara; o efeito médio acumulado das altas no ano é de 75%

Agência autoriza mais um reajuste no preço da energia
Agência Brasil
Agência autoriza mais um reajuste no preço da energia

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definiu nesta terça-feira reajuste de 17,31% na conta de luz dos clientes da AES Eletropaulo. O aumento entra em vigor no próximo sábado (4). Segundo a Aneel, AES Eletropaulo atende 6,7 milhões de unidades consumidoras na região metropolitana da capital paulista.

Com isso, uma conta de R$ 100 passará para R$ 117 (ambos valores sem a cobrança das bandeiras tarifárias).

Leia mais:  Gol e Infraero são multadas por cadeirante que se arrastou em escada de avião

23 pessoas que conseguiram dinheiro e fama depois dos 40

Do total de aumento definido pela Aneel, apenas 1.27 ponto percentual fica com a AES Eletropaulo. O restante paga custos com energia (geração e transmissão), tributos e encargos setoriais.

Segundo a AES Eletropaulo, a revisão tarifária acontece, em média, a cada quatro anos para todas as distribuidoras de energia do Brasil. Em 2015, para repor os altos custos com a geração de energia – usinas térmicas foram acionadas em decorrência da crise hídrica que afetou os reservatórios das geradoras –, em março, já foi feito uma revisão tarifária extraordinária. Também por conta de a energia térmica ser mais cara, o governo federal definiu, no início do ano, o sistema de Bandeiras Tarifárias. Desde janeiro, a Bandeira Vermelha, a mais cara, é a que está em vigor.

Com os aumentos já aplicados este ano, mais o índice da revisão tarifária divulgado hoje, o efeito médio acumulado a ser percebido pelo cliente residencial chega a 75%, a partir da próxima conta, se comparado com o que era pago em dezembro de 2014.

Segundo a Aneel, a revisão tarifária da Eletropaulo foi debatida em audiência pública, entre 6/5/2015 e 1º/6/2015.

Consumidor que recicla lixo tem desconto na conta:

A AES Eletropaulo tem um programa de sustentabilidade que possibilita a troca de papéis, plásticos, vidros, metais e embalagem Tetrapack por desconto na conta de energia.

Os interessados devem ir a um ponto de coleta e fazerem seu cadastro ( veja endereços aqui ). A partir daí, é só levar os materiais recicláveis, que serão pesados e precificados, conforme valores praticados pelo mercado. O valor é convertido em desconto.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.