Tamanho do texto

Contribuinte pode entregar sua declaração até 30 de abril; iG tem página especial sobre IR e responde às dúvidas dos leitores

Começa nesta quinta-feira o prazo para envio da declaração do Imposto de Renda, ano-base 2011. Os contribuintes têm até as 23h59 do dia 30 de abril para encaminhar o documento pela internet ou por meio de disquetes entregues nas agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal.

Baixe aqui o programa para envio do IR

Tire suas dúvidas sobre o Imposto de Renda

Neste ano, a Receita decidiu liberar mais cedo o programa para a elaboração do IR, o que deve facilitar a vida dos contribuintes mais organizados, segundo Ladmir Carvalho, diretor-executivo da empresa de softwares Alterdata. “As pessoas estão acostumadas a fazer tudo em cima da hora, mas quem souber se planejar pode se livrar logo dessa obrigação”, afirma.

Mais : Bancos podem enviar dados sobre rendimentos do cliente por email

Há ainda outra vantagem. Caso o contribuinte se esqueça de discriminar algo no formulário, tem mais tempo para preencher a declaração complementar, lembra Carvalho. Este ano, o Fisco deve receber 25 milhões de declarações , batendo as 24,3 milhões do ano passado. Para o diretor executivo da Alterdata, esse volume maior de formulários não deve representar problemas. “A Receita está mais do que preparada para receber esse aumento. O governo fez um grande investimento para montar essa estrutura”, ressalta.

Como se organizar para a declaração do imposto de renda

É obrigado a declarar o contribuinte com rendimentos tributáveis superiores a R$ 23.499,15, ou que tenha recebido rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil. A multa para quem não entregar o formulário é de 1% ao mês ou fração de atraso, calculada sobre o total do imposto devido.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.