Tamanho do texto

Atenção com recibos: a Receita Federal tem intensificado a fiscalização destes documentos emitidos por autônomos

Mesmo que você esteja pensando apenas nas festa de fim de ano, o iG preparou uma lista para que você lembre que ainda é possível usar alguns artifícios para aumentar sua restituição do Imposto de Renda Pessoa Física em 2016 (ano-base 2015).

Ainda dá tempo de se beneficiar da lei que permite abater gastos com saúde e educação ou deduzir serviços pagos para profissionais autônomos, entre outros. Mas atenção com recibos, pois a Receita Federal tem intensificado a fiscalização destes documentos emitidos por trabalhadores autônomos – para evitar fraudes e perda de arrecadação.

Médicos, advogados, dentistas, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, psicólogos e psicanalistas terão de informar mensalmente o CPF dos clientes para os quais emitiram recibos, com os valores cobrados pelos serviços. Antes, esses profissionais informavam o total de sua prestação de serviço por mês, sem indicar o CPF dos clientes.

O objetivo da Receita com essa novidade é fazer o cruzamento das informações. Portanto, as informações que você presta na declaração e que o médico, por exemplo, emite na guia de recolhimento de imposto dele têm e bater exatamente.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.