Tamanho do texto

Recursos estarão disponíveis para cerca de 1,9 milhão de contribuintes a partir desta sexta-feira (8) no primeiro de sete lotes previsto para 2012

Os contribuintes do Imposto de Renda (IR) de 2012 e os que ainda não foram ressarcidos nos exercícios fiscais entre 2008 e 2011 poderão acessar o site da Receita Federal a partir da próxima sexta-feira (8) para consultar se estão entre os cerca de 1,9 milhão de pessoas físicas que receberão um total de R$ 2,5 bilhões do primeiro lote liberado neste ano, de um total de sete previstos para 2012. “A partir da sexta-feira, às 9h00, estaremos disponibilizando as consultas”, afirmou nesta quarta-feira a secretária-adjunta da Receita, Zayda Bastos Manatta.

Leia mais sobre Imposto de Renda

O resgate poderá ser realizado a partir do dia 15 de junho, corrigido pela taxa básica de juros (Selic). Segundo a Receita, cerca 1,467 milhão de contribuintes são idosos. Eles irão receber pouco mais de R$ 1,8 bilhão do total disponibilizado pelo órgão federal subordinado ao Ministério da Fazenda. “O contribuinte pode fazer a consulta a partir de sexta-feira e verificar se há alguma inconsistência da declaração e fazer a correção.”

No total, o lote de 2012 contempla pouco mais de 1,844 milhão de contribuintes e soma R$ 2,4 bilhões em recursos. Os R$ 98,885 milhões restantes dos R$ 2,5 bilhões são referentes a lotes residuais referentes a 2008, 2009, 2010 e 2011. O montante deste ano é um pouco maior que os R$ 2,444 bilhões liberados pela Receita no primeiro lote de restituição de 2011, o que rendeu à liberação inicial de 2012 o título de “maior lote da história” liberado pela Receita.

Veja também:  Como fazer a retificação do Imposto de Renda

A Receita não credita a antecipação dos recursos como um pedido feito pelo Palácio do Planalto para injetar mais recursos na economia. O primeiro lote do IR de 2011 foi liberado em julho do ano passado. A decisão, conforme Zayda, foi apenas “técnica”.

Consulta pelo celular

Proprietários de smartphones e tablets contarão com um aplicativo para sistemas Apple e Android na hora de consultar a restituição do IR. O aplicativo está disponível para download. Também será possível consultar a situação fiscal do CPF pelo aplicativo.

Não entregou o IR? Saiba o que fazer

    Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.