Tamanho do texto

Gerência do INSS no Rio afirma que 15 mil atendimentos ficaram pendentes devido a greve somente na gerência Centro

No Rio, beneficiários que procuraram os postos ficaram, em média, 37 minutos na espera
Agência O Dia - 18.09.2015
No Rio, beneficiários que procuraram os postos ficaram, em média, 37 minutos na espera

Em seu primeiro dia de atendimento depois de dois meses e meio de greve, as agências do INSS reabriram ontem em todo o país, a maioria teve longas filas. As agências do INSS na Região Metropolitana fizeram, até as 16h de ontem, 12.352 atendimentos. O número representa quase o triplo dos 4.654 atendimentos feitos na quinta-feira passada, quando os servidores ainda estavam paralisados. Os beneficiários que procuraram as agências ficaram, em média, 37 minutos na espera, mas as agências no Rio não chegaram a formar longas filas.

Segundo a Gerência do INSS no Rio, 15 mil atendimentos ficaram pendentes por conta da greve somente na gerência Centro. Para suprir a demanda, o Instituto deslocou todos os funcionários para fazer o atendimento ao público até o dia 16. Se depois dessa data a demanda continuar grande, o esquema deve continuar.

Os servidores voltaram de greve na quarta-feira, mas os atendimentos à população só foram retomados ontem. Mas quem precisar recorrer às agências em busca de serviços de perícia precisa lembrar que os médicos peritos ainda estão em greve e o atendimento está sendo feito com 30% do efetivo. Por conta disso, o Instituto orienta que as pessoas liguem para a Central 135 para confirmar o atendimento.

Mesmo com o retorno dos servidores, o INSS orienta que os beneficiários atentem para os serviços que podem ser feitos em agências bancárias ou pelo telefone e internet. São eles: agendamentos, confirmação de agendamentos, reagendamento, inscrição como contribuinte da Previdência, consultas sobre processos, verificação de data de pagamento de benefícios, consulta sobre andamento de processos de benefícios, simulação de contagem de tempo de contribuição, entre outros.

Há outros serviços que podem ser feitos em agências bancárias, como a retirada de extrato previdenciário, com informações do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) para correntistas do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal e o extrato de pagamento do benefício para obtenção de desconto ou gratuidade em viagem rodoviária.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.