Tamanho do texto

SÃO PAULO - O presidente do Federal Reserve (Fed), Ben Bernanke, confirmou nesta segunda-feira que o banco central americano abriu uma investigação sobre erros nas execuções hipotecárias e que os resultados preliminares devem estar prontos em novembro

SÃO PAULO - O presidente do Federal Reserve (Fed), Ben Bernanke, confirmou nesta segunda-feira que o banco central americano abriu uma investigação sobre erros nas execuções hipotecárias e que os resultados preliminares devem estar prontos em novembro. Nas últimas semanas, grandes bancos suspenderam as execuções de hipotecas ante denúncias de que os trâmites desses processos se deram de maneira inadequada, sem a cabida revisão de antecedentes. "Estamos analisando as políticas, procedimentos e controles internos da empresas relacionadas com as execuções hipotecárias e tentando determinar se debilidades sistemáticas levaram a execuções de hipotecas de maneira imprópria", comentou Bernanke em evento na Virgínia (EUA). "Avaliamos com seriedade as violações dos procedimentos corretos", acrescentou. A polêmica em torno das execuções hipotecárias trouxe temor por seu potencial impacto sobre os balanços dos bancos e sobre a saúde do mercado imobiliário como um todo. (Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.